fbpx

A conveniência é um atributo cada vez mais explorado pelo segmento imobiliário, não só pelo conforto e pelas facilidades que traz para um novo edifício, mas também pela experiência de personalização que ela permite.

 

A busca por uma maior conveniência impacta na elaboração dos principais diferenciais de um empreendimento, orientando o desenho de serviços a serem ofertados e influenciando a percepção final do cliente de que aquilo foi feito sob medida para ele.

 

 

Tecnologia.

 

A tecnologia é a maior catalisadora de novas experiências que geram conveniência ao público. Primeiro devido a interatividade que ela proporcionou por meio da internet e das redes sociais, levando o consumidor a ser ouvido e evidenciando a importância da empatia no mercado imobiliário.

 

As empresas estão respondendo a isso com ainda mais tecnologia, conectando o imóvel de forma inteligente por meio da “internet das coisas”, resultando na experiência de ter tudo na palma da mão por meio de aplicativos para tablets e smartphones que gerenciam automatizações, gastos, compras e contratações de serviços.

 

E entre esses serviços muitos são desenvolvidos exclusivamente para o empreendimento na modalidade “on demand” ou “pay per use”, onde o cliente só utiliza quando necessário e só paga por aquilo que utilizou. Mais conveniente impossível!

Compartilhamento.

 

Outra grande revolução que vem agregando muita conveniência ao cotidiano dos moradores de um residencial é o conceito de economia compartilhada aplicado na concepção dos espaços do edifício.

 

Exemplo disso são serviços como bike sharing, voltado a disponibilizar o uso compartilhado de bicicletas entre os condôminos do prédio. Melhor ainda quando o condomínio possui o serviço do compartilhamento de ferramentas como uma furadeira. Ao invés de você adquirir uma para você deixar guardada ocupando espaço em 99% do tempo, é possível utilizar de forma compartilhada a do condomínio exclusivamente quando houver a demanda.

 

O compartilhamento permite que as pessoas tenham a conveniência de acessar diversas coisas sem a necessidade de comprá-las.

 

Economia compartilhada

A economia compartilhada agrega conveniência para acessar diversos serviços

 

 

 

 

Lazer.

 

A implementação dos diferenciais de lazer nos condomínios trazem diversas conveniências como praticidade, conforto, privacidade e a tranquilidade de não necessitar do deslocamento até um clube, um parque ou um shopping, podendo usufruir de diversas alternativas de lazer em seu próprio endereço.

 

E não se trata apenas de equipamentos como piscina e quadra de esportes. Hoje, diversos empreendimentos já customizam as áreas comuns de acordo com um determinado perfil de morador, ofertando outras alternativas de lazer com maior afinidade com quem vive ali.

 

Essas segmentações cirúrgicas realizadas pelas incorporadoras e construtoras mostram que a conveniência se tornou um diferencial importante para o consumidor, tornando-se um fator que agrega valor ao negócio.

 

 

Outros artigos.

 

A tecnologia está revolucionando a construção civil.

 

A revolução da Internet das Coisas no mercado imobiliário.

 

Apartamentos inteligentes.