fbpx

A planta de um imóvel é a representação gráfica horizontal de uma unidade. O desenho possui um corte horizontal à altura média de 1,5 metros mostrando os cômodos, a abertura de portas e janelas, posicionamento do mobiliário e os  equipamentos sanitários. É preciso entendê-la, porque existem nela alguns segredos que quando desvendados podem determinar se o imóvel é pra você ou não.

O primeiro passo é desvendar o que o arquiteto propôs em cada elemento especificado em uma planta de imóvel. Observe, por exemplo, quais as medidas da cama detalhada no desenho. Dependendo da configuração, você pode estar vendo uma cama de casal padrão ilustrada numa planta humanizada e, de repente, imaginando no mesmo espaço a sua, que tem o formato king size. Havendo esta confusão, certamente faltará espaço de circulação no quarto quando chegar a sua mudança, causando alguns transtornos.

Não tenha vergonha de não dominar as dimensões do seu mobiliário. A maioria das pessoas não possuem a percepção espacial de um arquiteto, não tendo nem a menor ideia da metragem adequada para suas necessidades. Se alguns erram no tamanho da cama, outros se enganam com os armários, mesas e sofás.

As novas tecnologias tem ajudado o comprador, por meio de unidades decoradas virtuais acessadas por realidade virtual. Com elas, você pode transitar pelo espaço como se já estivesse no seu apartamento, tendo uma percepção realística do ambiente antes de fechar negócio.

Outro segredo para se desvendar na planta do seu imóvel é a distribuição dos espaços. O formato da sala pode ser bom ou ruim dependendo das visitas que você recebe. Ter um corredor não é uma solução ruim de espaço desde que resolva bem o fluxo dentro do imóvel.

Desvende também as características que impactam no desempenho térmico da unidade. Na planta há sinalizações para que você identifique o posicionamento solar, observando se o seu apartamento é nascente ou poente.

Enfim, desvende se a planta do imóvel é para você. Pense nas suas rotinas. Exemplo: se o seu perfil não é dado à lavar a louça com frequência, ter uma cozinha americana poderá incomodá-lo com o tempo, uma vez que a louça suja estará sempre visível. Por isso, ao invés de olhar para a planta e se imaginar andando por ali, apresentando os cômodos para as visitas, imagine-se realizando as tarefas corriqueiras do seu cotidiano. Quanto mais pé no chão você for ao desvendar uma planta, maiores as chances de você pisar em um imóvel sob medida para sua vida.