fbpx

“Sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de livraria”, escreveu o Nobel de literatura argentino Jorge Luís Borges, um leitor inveterado. E se você é compulsivo na leitura como ele, já deve ter esbarrado na falta de espaço que o seu apê oferece para receber de forma adequada sua coleção de livros, limitando a alegria de conviver com sua maior paixão, não é? Não se preocupe, este artigo é para você! Separamos algumas dicas de como adequar sua decoração de modo a organizar as suas leituras em perfeita harmonia com o seu espaço.

 

 

Zelo.

 

Cuidar da sua coleção com a devida atenção evita trazer outros problemas para o seu ambiente e para a sua saúde. Livros podem se tornar grandes acumuladores de poeira, mofo e até de pragas quando não acomodados com o devido zelo.

 

Mantenha o pó sempre distante das suas estantes, evite encostar os livros em paredes ou estocados sem cuidados com a conservação. Mantenha os livros com as capas, devidamente empilhados ou enfileirados, em um lugar seco, arejado e com ventilação. E principalmente, longe de umidade.

 

 

Planeje o seu espaço para os livros.

 

O primeiro segredo é descobrir o mobiliário adequado para organizar um boa coleção de livros e acessá-los sem demora. Avalie a quantidade de livros que será necessário acomodar em seu espaço para avaliar o tipo de suporte mais apropriado a escolher para eles. Opte por estantes longas quando o volume for muito grande. Embora os nichos e prateleiras possam dar um toque mais jovem na decoração, são  adequados apenas para quantidades menores de obras.

 

 

Use a criatividade.

Estante sob a escada

Use a criatividade para criar espaços para o seu livros combinando com a sua decoração. Imagem: CasaeJardim

 

 

É cada vez mais comum se improvisar estantes em espaços inusitados como em degrau de escada caso você more em um apartamento com mais de um pavimento, bem como empilhados de forma vertical em forma de coluna, no alto da parede ou ao longo de todo o comprimento do corredor.

 

 

Quadrinhos.

 

Se o seu problema é a coleção de quadrinhos, inevitavelmente volumosa e maior a cada mês, pense em alternativas possíveis que não sejam as estantes. É possível encontrar caixas apropriadas para acomodar os gibis antigos com todo apreço. Assim você otimiza o seu espaço e deixa para as estantes apenas os grandes encadernados e edições especiais.

 

 

Integre os livros ao resto da decoração.

 

Já pensou em acomodar os livros em um baú? Por que não? São estilosos e possuem formatos para todos os estilos. Há quem guarde suas obras em malas antigas com uma pegada vintage ou em caixotes de madeira. E ainda há quem esconda de forma organizada no interior da cama tipo box, dessas que levantam o colchão.

 

 

Pense em outras alternativas de espaço para além da sua porta.

 

Muitas pessoas já alugam storages urbanos específicos para guardar aquilo que realmente não cabe mais em casa e que ao mesmo tempo não pode ser descartado. Se a sua coleção é grande demais, maior que o apartamento, considere terceirizar um espaço para ela.

 

 

Organize melhor sua coleção.

Estante organizada

Otimize o espaço na estante. Imagem: Pexels

 

Se a ideia é potencializar os espaços, comece organizando a sua coleção pelo formato dos livros. Hoje o mercado oferta obras com diversos padrões de altura e largura, tornando as dimensões bastante heterogêneas. Busque encaixar as obras maiores. Depois siga para os padrões médios e por último os menores.

 

Segmente pelo estilo, separando a literatura dos manuais, a ficção da poesia, os autores nacionais dos estrangeiros e assim por diante. Em seguida, organize tudo em ordem alfabética. Isso vai poupar muito tempo quando precisar resgatar um título.

 

Por último, se você tem uma boa memória visual, ordene os livros pelas cores das capas. O efeito final é de encantar os olhos e ainda quebra a monotonia de qualquer ambiente.

 

 

Última dica: desapegue-se.

 

Uma biblioteca de respeito não é reconhecida pelas obras que você acumula, mas por aquelas que você retira. Ou seja, para ser um grande leitor não é preciso se tornar um acumulador. Principalmente se você não consegue dar vazão de leitura ao volume de livros que compra.

 

Antes de reorganizar o seu espaço, faça uma triagem para identificar o que vale a pena guardar, o que pode ser compartilhado, vendido, dado ou presenteado. Além de se desapegar daquilo que você comprou, não leu e nunca lerá por falta de interesse.

 

Fique somente com as obras que você costumar revisitar. Os autores prediletos, as grandes obras e os títulos para estudo. Fazendo isso você já vai reduzir bastante o seu problema.

 

 

Imagem em destaque no artigo: pexels.