fbpx

Será que ter um imóvel na praia é para você? Pode ter certeza que esse é o sonho de muitas pessoas, principalmente daquelas que, mesmo vivendo longe do mar, não abrem mão de fincar o pé na areia sempre que surge uma oportunidade.

 

Se você é um desses apaixonados pelo clima veraneio, chegado à uma boa praia e a todos os benefícios de lazer e entretenimento que o litoral agrega, é bem possível que ter um segundo imóvel na costa brasileira combine com o seu perfil.

 

A seguir, vamos questionar alguns fatores que vão ajudar você a responder a pergunta: “imóvel na praia é pra mim?”

 

 

Casa ou apartamento?

Imóve na praia

Casa ou apartamento na praia: qual combina melhor com você?

 

Optar entre uma casa ou um apartamento pode fazer uma grande diferença nessa escolha, afinal, as vantagens e os custos de cada um podem ser bem diferentes. Por isso, pense bem nesses dois perfis e veja com qual você mais se identifica.

 

O primeiro é mais família e voltado para o lazer. Ama viajar para a praia com a esposa e os filhos, buscando maior conveniência e comodidade. O imóvel de veraneio não precisa ser muito grande, apenas o suficiente para acomodar bem a família e o pet. Isso ajuda a equilibrar os custos, demandando menos despesas e manutenção. Por fim, o imóvel é um lugar para descanso após a praia e antes do próximo passeio.

 

O segundo perfil é o do grande anfitrião. Ama convidar familiares e amigos para viajarem com ele para a praia. O imóvel de veraneio deve acomodar as visitas, mesmo que na base do “todo mundo apertado”. É ali que a farra acontece. A festa dura o dia todo, mesmo demandando uma grande arrumação depois. Por isso, é o tipo de pessoa que gosta de receber pessoas e que precisa de mais espaço, mesmo que isso demande maior custo.

 

Se você se identifica mais com o primeiro perfil, um apartamento combinará mais com o seu estilo, já atendendo bem as suas expectativas. Mas se o segundo perfil é a sua cara, você vai precisar de uma casa na praia.

 

     

Torne o imóvel na praia um bom investimento.

 

Com as inovações tecnológicas, ficou muito mais fácil ganhar dinheiro com o seu imóvel na praia. Isso porque se antes era mais difícil alugar o espaço para temporadas, uma vez que algumas vezes do ano o endereço fica à disposição do proprietário, agora existem aplicativos que agilizam o serviço disponibilizando o imóvel para alugar por um dia, uma semana ou temporada, visível para qualquer pessoa no mundo que se interesse pelo destino e sem intermediação de uma imobiliária.

 

Um bom exemplo desses aplicativos é o Airbnb, que permite você alugar o seu imóvel para alguém, negociando direto com o inquilino. Presente em 191 países e em cerca de 65 mil cidades, a proposta do Airbnb é conectar pessoas e experiências em viagens únicas, trazendo rentabilidade para quem aluga e praticidade para quem viaja. Mais do que isso, a ideia é viajar e se sentir em casa.

 

Recorrendo a esses aplicativos, como o Airbnb, diversos proprietários de imóveis tiraram o seu patrimônio da ociosidade, colocando o apartamento ou a casa para trabalharem por ele. Se bem administrado, esses aluguéis não só pagam os seus custos do imóvel ao longo do ano, como somam um lucro interessante a cada 12 meses.

 

 

Despesas e deslocamento.

Imóvel na praia

Avalie bem se vale a pena ter uma imóvel na praia antes de por o pé na estrada.

 

Para saber se o imóvel na praia é pra você, pondere sobre a frequência que você irá usá-lo. A distância do seu endereço de origem para a praia pode influenciar muito nisso. Afinal, se você está muito distante, há um custo maior de deslocamento. Mas se você está a uma distância boa da praia, que permita colocar o carro na estrada a cada feriado prolongado, então o imóvel no litoral pode ser mais vantajoso.

 

Não se esqueça que como todo imóvel, o seu endereço na praia tem despesas de água, luz, internet, IPTU e às vezes taxa de condomínio. Além dos custos de manutenção. Essa é uma realidade que não pode ser ignorada, embora sejam fáceis de se gerir, mesmo de longe. Outra vantagem da digitalização de serviços!

 

Por fim, ponha tudo isso na balança e avalie o quanto um imóvel na praia combina com você. A compra de um imóvel deve ser sempre uma decisão consciente e acertada, principalmente se a finalidade dele é ser um refúgio de lazer que o deixe longe dos problemas.

 

Outros artigos relacionados:

Imóvel na praia.

Como cuidar do imóvel na praia.

Vai deixar o apê para viajar? Deixe-o em segurança.