O paisagismo de Burle Marx.

Os jardins de Roberto Burle Marx são pinturas modernistas que ao invés de tinta se valeram da flora brasileira como matéria-prima. Em Brasília, o paisagista se aproveitou da escala bucólica para tornar a cidade sua grande tela, pintando os mais belos jardins da Capital Federal. E por isso, Burle Marx se tornou parte essencial da alma brasiliense, ao lado das curvas de Niemeyer, do Plano Piloto de Lúcio Costa e dos azulejos de Athos Bulcão. Não é por menos que o mais novo parque da cidade, situado entre o Noroeste e a Asa Norte, o homenageie.