fbpx

A maioria das pessoas tem até uma ideia, mas você realmente sabe o que faz um engenheiro civil? A rotina deste profissional vai muito além do estereótipo de uma vida mergulhada em cálculos e mais cálculos, havendo diversas possibilidades de atuação dentro da carreira. Descobrir o que faz um engenheiro civil é compreender melhor a diversidade e a complexidade das inúmeras atividades que existem em um empreendimento imobiliário.

Para começar, o engenheiro civil é muito mais que apenas “o cara que constrói casas e prédios”. Dentro do seu leque de atuação, o engenheiro civil realiza projetos e faz gestão e planejamento de obras. Também pode atuar na fiscalização de grandes obras de construção, incluindo projetos de grande porte e infraestrutura como edifícios, túneis, estradas, aeroportos, ferrovias, hidrovias, barragens, viadutos, pontes e sistemas de abastecimento de água e tratamento de esgotos.

Podemos dizer que o engenheiro civil é ao mesmo tempo o cérebro e o coração de uma obra. Além de ter a capacidade de traçar toda a trajetória de execução de um empreendimento, o engenheiro civil é a sentinela que zela pela realização de cada etapa, não só sendo responsável pelo cumprimento dos prazos, mas igualmente pela qualidade de tudo o que foi feito. Sem um bom planejamento, a obra perde o norte. Sem uma boa gestão, a obra não engata.

A rotina do engenheiro civil se desdobra em diversas atividades. Cabe a ele desde a contratação de serviços e materiais, projetos, estudos e até a verificação de patologias estruturais em uma obra concluída que demande reparos ou que comprometa uma edificação.

 

Onde atua um engenheiro civil

Engenheiro gerindo uma obra. Imagem: FreePik

 

Uma rotina diversificada e com muitas tarefas.

 

É de responsabilidade do engenheiro civil definir esquemas de construção da estrutura, estabelecendo o material a ser utilizado, calculando as dimensões das peças, além de supervisionar as instalações. É ele quem analisa relatórios e outros dados de projetos.

O engenheiro civil deve estar familiarizado com as normas técnicas e legislações, bem como com os regulamentos e recomendações vigentes. É responsável pela segurança do canteiro, evitando acidentes de trabalho, riscos à obra e até potenciais ameaças ambientais.

É o profissional preparado para testar os solos de modo a determinar a capacidade de resistência para suportar as estruturas. E também a pessoa para testar diversos materiais, como asfalto, cimento ou aço.

Um engenheiro civil se vale de softwares específicos de engenharia para desenvolver elementos de projeto para sistemas de transporte, sistemas hidráulicos e estruturas de concreto armado, estruturas metálicas e estruturas mistas.

Além de tudo isso, trabalhando na supervisão ou administração de um projeto, o engenheiro pode se especializar em uma das diversas áreas de sua atuação, atuando como engenheiro geotécnico, engenheiro de estruturas ou engenheiro de transporte.

 

Áreas do engenheiro civil

Engenheiro civil atuando em consultoria. Imagem: FreePik

 

Outra forma de atuação de um engenheiro civil é como consultor, prestando serviços específicos para as empresas sem um vínculo empregatício. Sendo contratado para resolver um problema específico, ou desenvolver um planejamento, ou mesmo atuando na auditoria de um projeto.

Muito mais que “o cara que constrói”, o engenheiro civil é o líder de uma obra, a pessoa que toma as decisões e faz o negócio acontecer. Alguém que muito mais do que cálculos, faz a cidade crescer com qualidade.