fbpx

Quando pensamos no trabalhador da construção civil logo imaginamos diversos tipos de profissionais ligados à esta indústria, com perfis tão heterogêneos e diversos e, ao mesmo tempo, tão essenciais. Afinal, independente da função, o trabalho de cada profissional é fundamental para que seja possível retirar um empreendimento do papel.

 

A pluralidade de atuações é resultado da complexidade das demandas, sendo necessário uma equipe qualificada para viabilizar cada etapa da construção, da criação a execução, do projeto ao acabamento, gerindo com eficácia todo o planejamento da obra.

 

Separamos, à seguir, algumas das funções mais comuns de se encontrar entre os trabalhadores da construção civil.

 

 

Arquitetos e engenheiros.

 

O Arquiteto é o responsável por conceber o empreendimento. Ele projeta espaços de acordo com a funcionalidade, o conforto e a estética, desenhando a planta do imóvel e especificando acabamentos.

 

A partir do projeto de arquitetura, o engenheiro civil realiza a obra, supervisionando a qualidade, prazos e a segurança. Também especifica em seu projeto as redes de instalação elétrica e hidráulica, bem como os efeitos de mudanças de temperatura, vento e resistência dos materiais por ele calculados.

 

 

Gestores administrativos.

Construção civil

A gestão de uma obra é complexa e necessita de muito planejamento.

 

Não é fácil gerir uma obra devido a sua complexidade, mas os gestores administrativos da construção civil estão preparados para o desafio. Cabe a eles fazerem o planejamento da obra, mensurando a quantidade de materiais e equipamentos, gerindo as compras, o estoque e evitando desperdícios. Também são responsáveis pela gestão financeira e pela contratação de mão de obra.

 

 

Técnicos.

 

Entre os técnicos envolvidos, destacamos o Técnico em Edificações, responsável pela execução de prazos do projeto e pela vistoria das obras, fazendo a ponte entre o canteiro de obras e os gestores administrativos.

 

Vale citar, também, o Técnico em Segurança do Trabalho que promove a segurança dos funcionários no andamento da obra. Ele faz a inspeção das condições de trabalho, confere se todos estão seguindo as normas e procedimentos de segurança e avalia possíveis riscos.

 

 

Mestre de obras e encarregados.

 

O Mestre de Obras faz a conexão entre o engenheiro e os operários, acompanhando in loco a obra. Ele assegura a qualidade, o andamento do cronograma e evita o desperdício de materiais. O Mestre de Obras conta, ainda, com a ajuda do Encarregado, sendo os olhos dele e do engenheiro junto à equipe.

 

 

Operadores de máquinas pesadas.

 

São profissionais especializados em operar máquinas específicas, geralmente complexas e de grande porte como guindastes, gruas, tratores, retro escavadeiras, perfuratriz hidráulica, bate-estacas, etc.

 

 

Operários.

Construção civil

Os operários englobam a maior parte dos trabalhadores da construção civil.

 

Os operários formam um universo à parte dentro do canteiro de obras, sendo numerosos e diversificados. Podemos citar aí o pedreiro, que realiza serviços de alvenaria e acabamento; armadores, que realizam os trabalhos com ferragens; carpinteiros, que erguem os barracões da obra, fazem a estruturação de vigas e de pilares fundamentais da construção, aliem de telhados.

 

Temos também os Montadores responsáveis pela instalação de esquadrias e batentes, montagem e desmontagem de andaimes; Eletricista, que fazem a instalação de condutores, fios e tomadas é realizada pelo eletricista; Soldadores, que realizam a solda de materiais metálicos e das estruturas necessárias; Bombeiros, responsáveis pelo assentamento e instalação da parte hidráulica de uma obra.

 

Há também os operários da fase de acabamento, como pintores, ladrilheiros, vidraceiros e ate jardineiros.

 

 

Outros artigos.

 

A importância de um canteiro de obras organizado.

 

O que faz um engenheiro civil?

 

Desvendando a planta de um imóvel.

 

Arquitetura: nossa paixão pela quinta arte.

 

Conforto acústico em residenciais.