fbpx

Foi-se o tempo em que tudo o que era gostoso na alimentação fazia mal. A diversidade de receitas deliciosas e criativas para saladas e sobremesas saudáveis já mudou essa realidade há muito tempo. Se você come mal, é por descaso ou desconhecimento.

 

Por isso, é importante conhecer alguns dos principais vilões da mesa, os inimigos da boa alimentação. Evitá-los já grega muito na sua dieta cotidiana, descartando verdadeiras ameaças à sua saúde.

 

Abaixo, listamos os principais inimigos de uma boa alimentação e o motivo principal para deixá-los de fora da sua próxima lista de compras.

 

 

Açúcar.

Alimentos prejudiciais à sua saúde

Um dos grandes inimigos da alimentação é o açúcar.

 

Ninguém resiste a um docinho, né? E no Brasil, as receitas de doces geralmente são sinônimos de muito açúcar. E isso torna esse ingrediente um dos maiores vilões da mesa, pois é responsável por provocar diabetes, obesidade, colesterol alto, gastrite e prisão de ventre.

 

E tem mais, o açúcar ainda é um alimento que fornece apenas calorias vazias para o o seu corpo, por não conter vitaminas e nem minerais, nutrientes essenciais para o organismo funcionar bem.

 

Se não bastasse tudo isso, o açúcar ainda vicia o seu cérebro! É verdade. O açúcar estimula a produção de um hormônio chamado dopamina, responsável pela sensação de prazer e bem estar, o que move você a sempre desejar mais.

 

 

Sódio.

 

O sódio é essencial para os nossos organismos, afinal, é ele que retém os líquidos, enquanto o potássio provoca a excreção. O trabalho conjunto de ambos faz com que as células fiquem com a quantidade certa de água. Mas e quando consumimos sódio em excesso?

 

Consumindo mais sódio que o necessário,  ocorre uma exagerada retenção de líquidos no organismo piorando sintomas associados à obesidade e problemas cardíacos, além de retirar o cálcio dos ossos, causando a Osteopenia e Osteoporose

 

E onde consumimos sódio? No sal que vai em toda a comida! E mais, encontramos altas quantidades dele no refrigerante e no bacon, e também n queijo cottage e na bolacha light.

 

 

Gordura.

Alimentos prejudiciais à saúde

Exagerar no consumo de gordura traz inúmeros malefícios.

 

A gordura é parte da nossa alimentação necessária, como o sódio. O seu excesso é que nos prejudica, podendo causar problemas nas artérias, no cérebro, e provocar doenças como diabetes e obesidade.

 

Estudos mais modernos, indicam também, que o “consumo excessivo da gordura saturada de origem animal provoca uma inflamação no hipotálamo, a região do cérebro que controla a fome e a saciedade. Isso destrói os neurônios e a pessoa não se sente mais saciada e come mais. Além disso, esse excesso provoca também um “estresse” metabólico das células, que ficam desorganizadas. Por isso, a gordura deixa de ser depositada apenas nas células adiposas e começa a se instalar também em alguns órgãos, como o fígado e o pâncreas.” [1]

 

Você exagera na gordura comendo aquele sanduíche com mortadela, no churrasco, na batata frita e nas massas, só para citar alguns.

 

Farinha branca.

 

Este ingrediente está em pelo menos dois alimentos muito populares na mesa dos brasileiros: a pizza e o pão francês. E o que tem de prejudicial no ingrediente? Bem, quando a farinha branca é absorvida pelo nosso organismo se transforma em puro açúcar.

 

 

[1] Fonte: Portal G1 da Globo.

 

 

Outros artigos:

 

Alimentos orgânicos fazem bem a todos.

 

Benefícios da “Segunda sem Carne”.

 

Cinco dicas para receber uma visita com vinho.

 

Atitudes para um consumo consciente.