fbpx

O Lago Paranoá é um ponto de encontro obrigatório de Brasília, que conta com uma infraestrutura cada vez mais desenvolvida ao redor da sua orla. Espaços que têm democratizado o acesso do brasiliense ao local, permitindo a consolidação de várias atividades de recreação, esporte e lazer. A seguir, listamos quatro dicas para quem deseja aproveitar melhor esse cartão postal da cidade.

1. Gastronomia:

A orla é toda circundada de bons restaurantes para quem aprecia uma boa mesa com vista para o lago. Destacamos o Avenida Paulista na Orla JK, especializado em pizzas, com uma vista privilegiado da ponte. Também o Coco Bambu no Ícone Park, com cardápio variado de frutos do mar servido em porções generosas.

Outra opção que vale a pena a visita é o Soho no Pontão do Lago Sul, que serve comida japonesa em uma infraestrutura sofisticada, e o Liv Lounge, com um cardápio que mistura culinária brasileira e internacional, combinando suas mesas em loungesaconchegantes com acesso pelo lago, próximo ao antigo clube Motonáutica.

Por último, tem Baby Beef Rubaiyat, especializado em carnes e com uma das melhores cartas de vinho da cidade. O restaurante oferece cobertor para os clientes que optam por ficar pertinho do lago na varanda nos dias mais frios.

2. Passeio de barco:

            Existem alguns serviços disponíveis em Brasília para dar uma volta de barco pelo Lago Paranoá. Algumas empresas ancoram no Pontão do Lago Sul e no Royal Tulip Hotel e levam pessoas quase que diariamente para conhecer a cidade a partir de um passeio náutico. 

            Outros serviços permitem que você organize um evento dentro da embarcação, que percorre toda a região entre as pontes lentamente enquanto você e seus convidados se divertem.

3. As praias de Brasília: 

            O Governo do Distrito Federal tem investido cada vez mais no acesso da população à orla, criando novos parques à beira-lago como o da Asa Norte, o da Península e o Deck Sul.

            Mas é nos centros mais consolidados que está a preferência do brasiliense quando chega a hora de se aproximar do lago. Neste quesito, destacam-se o Pontão do Lago Sul ao lado da Ponte Costa Silva, com muitos jardins e restaurantes, além de extensa agenda de eventos ao longo do ano. 

           Tem a nova Orla JK junto à terceira ponte, despontando como um novo centro gastronômico em uma área que se diversifica em entretenimento. E o Parque da Ermida Dom Bosco, com espaço para shows, trilhas de caminhadas e uma das melhores vistas de toda a capital.

 

4. Prática de esportes: 

Por fim, o lago é uma ótima opção para quem deseja praticar esportes. Você pode começar com voltas de bike pela orla ou fazendo downhillde skate na Ermida Dom Bosco. Quem sabe até simular um voo de para-quedas no iFly Skydiving Indoor. 

Depois embarque em atividades no próprio espelho d’água, como o windsurf, wakeaboard, remo ou canoa havaiana, com aulas em vários clubes à beira-lago, e o stand up padle, que você rema de pé em uma prancha de surf, bem comum nas proximidades do Pontão do Lago Sul e da Orla JK. 

Por último, arrisque-se também em opções mais radicais como o kite surfno parque da Península dos Ministros, onde você surfa puxado por um para-quedas, ou como o flyboard, modalidade em que você é impulsionado até 7 metros acima da água, fazendo manobras no ar como se estivesse voando.

Seja qual for a sua onda, o Lago Paranoá é para você.