fbpx

Ser dono de um imóvel é uma realidade muito mais acessível que a maioria das pessoas imaginam. Muitos demoram a pensar nisso e, consequentemente, a economizar para essa finalidade, deixando para mais tarde esse passo importante em suas vidas.

 

Porém, sempre fica aquela dúvida: “será que eu estou pronto para ter um imóvel?” Às vezes, seja por insegurança ou seja por falta de informação, para alguns se torna até mais importante do que saber como comprar um imóvel, descobrir em qual momento da sua vida isso será mais interessante ou inevitável.

 

Pensando nisso, separamos algumas dicas para você refletir se está finalmente pronto para se tornar um proprietário de imóveis.

 

 

Você já tem uma reserva?

 

O primeiro passo para se tornar dono de um imóvel é poupar uma reserva para dar entrada no negócio e ainda guardar um montante para se resguardar de qualquer contratempo que possa levar você a ficar inadimplente com as suas parcelas, como salário atrasado, problema de saúde, etc.

 

A maioria das pessoas ao financiarem um imóvel comprometem até 30% da sua renda todo mês. Então se planeje para ter um orçamento mensal com espaço para essa dívida. Lembrando que a hora certa para você comprar é quando sua reserva para a entrada já impacta em desconto na negociação, o que vai diminuir os juros e, por tabela, também vai reduzir o tamanho dessa porcentagem que a dívida ocupa no seu orçamento.

 

 

Será que está na hora de eu sair de casa?

comprar imóvel

Avalie qual o momento certo da sua vida para comprar um imóvel.

 

Há pessoas que sonham em sair de casa desde muito cedo, conquistando independência o quanto antes. Outros preferem esperar, esperando às vezes além da conta para conquistar o seu canto no mundo. E por último, há aqueles que saem de casa para casar.

 

Se você quer independência desde cedo, leia o nosso artigo “Ano novo, apartamento novo” e saiba como se planejar para ter um imóvel. Se você posterga esse passo ao máximo, leia o artigo “Medo de comprar um imóvel?” E se você planeja comprar um imóvel ao casar, leia “imóveis para uma vida a dois.

 

 

Sua carreira está estável?

Você já está em um momento estável da sua carreira? Com um salário que propicie conforto e ainda permita se comprometer com um investimento? Se essa é a sua realidade, pagar aluguel já seria um desperdício, uma vez que não traria retorno a longo prazo.

 

 

É hora de sair do aluguel?

 

Para muitas pessoas, o aluguel tem o mesmo peso no orçamento que uma parcela do financiamento imobiliário. Se esse for o seu caso, o ideal é se organizar financeiramente para comprar um imóvel, abrindo o olho para as oportunidades no mercado.

 

 

Eu posso financiar um imóvel?

Comprar imóvel

Planeje a compra de um imóvel com antecedência para fazê-la na melhor oportunidade

 

Ao invés do que é comum de se pensar, não é preciso acumular uma grande fortuna  para comprar um imóvel. O financiamento imobiliário pode ser uma boa opção para facilitar esse processo, principalmente quando você usa o seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) nele.

 

Existem diversas calculadoras on-line para você simular as parcelas de acordo com o valor do imóvel que você procura, permitindo que você avalie o quanto precisa juntar para a entrada de modo a conseguir uma parcela folgada no seu orçamento.

 

Saiba mais sobre financiamento imobiliário lendo o artigo “Como funciona o crédito imobiliário”.

 

Eu posso investir em imóvel?

 

Ninguém discute que investir em imóvel é uma alternativa segura para aplicar o seu dinheiro. Além de haver maneiras de se aumentar a liquidez de um imóvel, o valor da parcela será como um aluguel que você paga.

 

O mais importante, é observar fatores que geralmente levem a uma valorização do imóvel. Isso pode ser desde a localização em um bairro que está se valorizando até a arquitetura diferenciada do empreendimento.

 

 

Se você acha está pronto para comprar um imóvel, esses artigos podem interessar:

Os segredos para uma boa negociação de imóvel.

Dicas para comprar um imóvel na planta.

ITBI e as outras taxas pagas por você ao adquirir um imóvel.

O novo consumidor de imóveis.

 

Imagens do artigo: FreePik